O deputado Clodovil Hernandes (PR-SP), 71 anos, teve morte cerebral confirmada pelo diretor do Hospital Santa Lúcia, em Brasília, Cícero Henrique Dantas Neto. Segundo o hospital, o coração, o fígado, as córneas e os rins do parlamentar devem ser doados. A Câmara dos Deputados chegou a informar a morte do deputado, em consequência de um acidente vascular cerebral (AVC) ocorrido ontem. 6059401

Eleito deputado em 2006 com quase 494 mil votos, o estilista Clodovil Hernandes sofreu um AVC hemorrágico na manhã de ontem e seguiu para o Hospital Santa Lúcia, em Brasília, onde foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Segundo boletim médico divulgado na manhã de hoje, o deputado estava em coma profundo e tinha os sinais vitais mantidos às custas de medicamentos e equipamentos.

Anúncios