A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou nesta quarta-feira (29) que vai passar a monitorar todos os voos internacionais que chegam ao Brasil. Até agora, somente voos provenientes de países afetados pela gripe eram monitorados.

 A medida foi tomada apósa alteração do nível de alerta da gripe suína de 4 para 5 pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

As ações de controle nos portos também serão intensificadas. As embarcações procedentes de lugares afetados e com casos suspeitos a bordo receberão o documento que permite a entrada no porto após inspeção física.

A Anvisa pede também que os comandantes das embarcações fiquem atentos a possíveis sinais da gripe suína entre os tripulantes. A agência pede que a autoridade sanitária local seja avisada caso alguém apresente os sintomas.

Entenda mais:

A gripe suína é uma doença respiratória que atinge porcos causada pelo vírus influenza tipo A, que tem diversas variantes. Algumas das mais conhecidas são a H1N1, a H2N2 e a H3N2. O atual surto, que teve início na América do Norte, é provocado por uma versão mutante do vírus H1N1 capaz de infectar humanos e se propagar de pessoa para pessoa.

A infecção ocorre pelo ar ou contato direto com secreções infectadas (catarro, espirro).

Evite contato com pessoas que parecem não estar bem e que tenham febre e tosse. Medidas comuns para se evitar infecções e de higiene manual podem ajudar a reduzir a transmissão de viroses, incluindo a gripe suína em humanos.

Anúncios