baq

     Carrasco do futebol brasileiro em confrontos recentes, Cabañas até fez sua parte no jogo desta quarta-feira, no Arruda, mas não pôde sorrir no final. Responsável pelas eliminações de Santos e Flamengo na Libertadores de 2008 e autor de um dos gols paraguaios no jogo de ida das eliminatórias, em Assunção (derrota do Brasil por 2 a 0), o gordinho atacante chegou a dar um susto, ao abrir o placar no primeiro tempo. Mas o ataque da seleção funcionou e, com gols de Robinho e Nilmar, o Brasil garantiu a virada para 2 a 1 e, de quebra, a liderança isolada das eliminatórias sul-americanas para a Copa de 2010. Porém, o mais importante é que o Brasil está muito perto de uma vaga no Mundial, que será realizado na África do Sul.

Anúncios