3

Foi um jogo com prorrogação e pênaltis na tarde desta sexta-feira, na final do Mundial Sub-20, no Egito. E não deu para o Brasil, que jogou desde o início do jogo com a vantagem de ter um jogador a mais e campo, com a expulsão prematura de um zagueiro da seleção de Gana. Mas o 0 a 0 se arrastou até o fim da prorrogação.

Nas penalidades, melhor para o time africano. Os brasileiros Alan Kardec, Giuliano e Douglas Costa converteram as três primeiras penalidades. Depois disso, brilhou a estrela do goleiro Agyei, que defendeu duas e contou com a má pontaria de Alex Teixeira, que mandou para fora. O goleiro Rafael também fez bonito nas cobranças ao defender duas bolas.

A cobrança que valeu o título foi executada por Badu, que decretou o 4 a 3 que rendeu a taça do torneio disputado na cidade do Cairo, no Egito.