20090306010942-310x254Corte

As ameaças à presença do Morumbi como palco da abertura da Copa do Mundo de 2014 estão cada vez maiores. Joseph Blatter, presidente da FIFA, na tarde desta terça-feira, deu declarações contrárias ao estádio do São Paulo que “rebaixou” a arena tricolor e, de quebra, deu a entender que o Pacaembu está na disputa.

“Se a informação que ouvimos está correta, o prefeito de São Paulo [Gilberto Kassab] disse que vai ter um novo estádio, então não terá nenhum problema. Temos uma lista de exigências para a categoria 1, e até agora o Morumbi não está nela, mas não quer dizer que ele está fora da Copa”, disse Blatter, citando, na verdade, o anúncio feito nesta terça-feira de que serão investidos R$ 250 milhões para reforma do Pacaembu.” afirmou Joseph.

Projeto do Novo Pacaembu

Projeto do Novo Pacaembu

Logo após a frase do presidente da Fifa, Ricardo Teixeira e Jerome Valcke começaram uma conversa paralela na mesa em que Blatter discursava. Ao perceber, o mandatário da entidade máxima do futebol interrompeu sua fala e, após brincar com a dupla, disse: “não posso mudar meu ponto de vista, mas se vocês quiserem falar…”.

Percebendo o teor do comentário feito por Blatter, o porta-voz do Comitê Organizador Local (COL), Rodrigo Paiva, afirmou no final da entrevista coletiva que o secretário municipal de Esportes de São Paulo, Walter Feldman, havia ligado para informar sobre a reforma do Pacaembu, mas em nenhum momento teria citado que o estádio, que é de propriedade da Prefeitura, ficaria no lugar do Morumbi.

Nesta terça-feira, Feldman anunciou que serão investidos R$ 250 milhões para modernização do Pacaembu, sendo que o Corinthians teria se disposto a arcar com R$ 100 milhões deste total. A assessoria de imprensa de Kassab, por sua vez, reforçou o apoio do prefeito ao projeto de reforma do Morumbi para a Copa do Mundo de 2014.

Anúncios

Aos 49 minutos de jogo, Godói já estava impaciente como qualquer outro torcedor corinthiano. Aí vem o goleiro Felipe e se joga no chão, num aparente lance de fazer cera. Godói, como sempre sem meias palavras, diz o que vem a cabeça. Veja o vídeo:

”Não vai ficar no chão o FDP, que vai ter que aumentar a P*&#@ do tempo”

ciauOito minutos. Foi o tempo que o Brasil precisou para acabar com a Itália, neste domingo, no Estádio Loftus Versfeld, em Pretória, pela última rodada da fase classificatória da Copa das Confederações. Entre os 36min e 44 min do primeiro tempo, a Seleção fez os 3 a 0. Dois de Luís Fabiano e um contra de Dossena. Fora o show. Os italianos, atuais campeões mundiais, foram humilhados em campo e acabaram eliminados.

Com 100% de aproveitamento na primeira fase – vitórias também sobre Egito (4 a 3) e Estados Unidos (3 a 0) -, o Brasil avançou para a semifinal como primeiro colocado. Agora, terá pela frente os sul-africanos.

O time da casa, comandado pelo brasileiro Joel Santana, ficou com o segundo lugar do outro grupo – uma vitória, um empate e uma derrota. O jogo será na quinta-feira, em Johannesburgo. Quarta-feira, em Bloemfontein, Espanha e Estados Unidos disputarão a outra vaga na grande decisão.

Neste domingo, o técnico Dunga decidiu manter três das quatro alterações realizadas entre a estreia e a segunda rodada. Maicon, André Santos e Ramires foram novamente titulares, enquanto Juan voltou na vaga de Miranda. Ramires foi o maior destaque, comeu a bola. Juan sentiu lesão e deu lugar a Luisão ainda no primeiro tempo.

Nota importante. Foi a sexta vitória seguida da Seleção, entre jogos das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2010 e da Copa das Confederações. Foi também a sétima vitória brasileira no histórico de confrontos os italianos – com ainda dois empates e cinco derrotas.

1186370-4584-it2

O técnico Muricy Ramalho deixou o comando do São Paulo. Depois de mais uma eliminação da Copa Libertadores (pelo quarto ano consecutivo para um rival brasileiro), a situação do treinador ficou insustentável e o presidente Juvenal Juvêncio decidiu pela saída do comandante. Dirigentes e assessores de imprensa do São Paulo foram procurados para confirmar a informação, mas ninguém atendeu aos telefonemas.

Segundo uma fonte do time, que não quis se identificar, o treinador recebeu uma ligação do presidente são-paulino para uma reunião em que foi decidida a sua saída.

Muricy Ramalho estava no comando do São Paulo desde o início de 2006 e tinha contrato até 2010. Sob o seu comando o São Paulo conquistou os últimos três Campeonatos Brasileiros e passou a ser o clube com mais taças do nacional. Porém, o treinador não teve êxito em campeonatos eliminatórios.

A tentativa do técnico Joel Santana de se comunicar em inglês, um dos idiomas da África do Sul, acabou virando hit, e é o vídeo mais visto do Youtube hoje. Depois de um ano e um mês de críticas por só se manifestar em português, Joel supreendeu a imprensa, apesar de estar longe de um inglês perfeito, Joel agradou a imprensa pelo esforço de tentar falar a língua do país. Veja o vídeo:

“Iraque endi Sal de África prei sêmen.”

baq

     Carrasco do futebol brasileiro em confrontos recentes, Cabañas até fez sua parte no jogo desta quarta-feira, no Arruda, mas não pôde sorrir no final. Responsável pelas eliminações de Santos e Flamengo na Libertadores de 2008 e autor de um dos gols paraguaios no jogo de ida das eliminatórias, em Assunção (derrota do Brasil por 2 a 0), o gordinho atacante chegou a dar um susto, ao abrir o placar no primeiro tempo. Mas o ataque da seleção funcionou e, com gols de Robinho e Nilmar, o Brasil garantiu a virada para 2 a 1 e, de quebra, a liderança isolada das eliminatórias sul-americanas para a Copa de 2010. Porém, o mais importante é que o Brasil está muito perto de uma vaga no Mundial, que será realizado na África do Sul.

     Depois de acertar a contratação de Kaká, o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, parte em busca do seu segundo galáctico: Cristiano Ronaldo. E, para tirar o meia português do Manchester United o dirigente merengue terá de abrir os cofres e gastar uma quantia maior do que a dada ao Milan pelo brasileiro (89 milhões de libras, cerca de R$ 282 milhões). As negociações estão ocorrendo e foram confirmadas pelo diretor esportivo do Real, Jorge Valdano. 

0,,21042948-EX,00    – Não posso adiantar muito, porque só falo dos que já estão a caminho, não sobre os que ainda estão em negociação. Ele é um grande profissional, muito dedicado, além de ser um excelente jogador – afirmou o dirigente ao tabloide inglês “Manchester News”. 

      Jornais da Espanha afirmam que a estratégia de Florentino Pérez é recuperar a boa relação com o Manchester United, já que a novela da última temporada envolvendo a possível ida do português para a Espanha desgastou o relacionamento.

 

       O presidente do Real tentaria reduzir o que foi pedido pelos ingleses, que só aceitam vender Cristiano Ronaldo pelo valor da cláusula contratual (89 milhões de libras, cerca de R$ 282 milhões), segundo a imprensa inglesa.

 

        Os merengues aceitariam pagar, de acordo com os jornais espanhóis, 75 milhões de libras (R$ 238.3 milhões), 19 milhões de libras (R$  60 milhões) a mais do valor da transferência do brasileiro.