Revoltados com o gol marcado por Rafael Marques no último lance do primeiro tempo, Obina e Maurício se desentenderam na saída para os vestiários e deram início a grande tumulto no gramado do Estádio Olímpico.

No intervalo do duelo com o Grêmio na noite desta quarta-feira, os palmeirenses mostraram descontrole ao sair de campo, discutiram e trocaram agressões, sendo expulsos assim que o árbitro Heber Roberto Lopes voltou para o campo.

No caminho para os vestiários, os palmeirenses faziam duras críticas um ao outro e roubaram a cena após o apito que terminou a etapa inicial. No meio da discussão, o defensor Maurício, que foi driblado por Maxi Lopez no lance do gol, tentou dar um tapa no atacante Obina e levou um soco como resposta, logo obrigando outros companheiros a entrarem em ação e separar os dois jogadores.

Ainda revoltado com a discussão com o zagueiro e com o placar adverso de 1 a 0, o centroavante deu um chute na entrada no túnel que leva aos vestiários, enquanto outros palmeirenses tentavam acalmar Maurício no caminho.

 

Em fase inspirada no Campeonato Brasileiro e na Copa Sul-Americana, o Fluminense conseguiu uma classificação suada e heroica à final do torneio continental com uma vitória por 2 a 1 contra o Cerro Porteño, no Estádio do Maracanã, nesta quarta-feira. O clube carioca já havia vencido o primeiro duelo, no Paraguai, por 1 a 0.

Clique aqui para ver o vídeo ! !

Depois da partida, os jogadores do Cerro Porteño ficaram nervosos com a derrota e iniciaram uma verdadeira pancadaria no gramado. Alguns jogadores do time paraguaio saíram para o vestiário levados pela polícia. O Fluminense aguarda agora o vencedor de LDU e River Plate-URU, nesta quinta-feira, para saber seu adversário na decisão. O time uruguaio ganhou o primeiro jogo por 2 a 1.

Você acha que os jogadores envolvidos devem ser punidos? Comente…

imagemSe não acontecer nada errado nesta terça-feira, o goleiro e capitão Rogério Ceni estará de volta ao time do São Paulo na partida desta quarta-feira, contra o Fluminense, que será realizada no estádio do Morumbi. O jogador treinou normalmente nesta segunda-feira e, após o trabalho dos reservas, treinou cobranças de falta. E mostrou que está com o faro apurado, afinal marcou nove gols em 17 tentativas. Outras três bolas acertaram a trave. A volta do camisa 1 é muito comemorada pelos companheiros.


campeonato-brasileiro-2009 Como todo bom brasileiro, o pessoal do Pombo é apaixonado por um bom futebol. Mas muitas vezes os jogos do seu time do coração não passa na TV aberta e você tem muitas dificuldades de assistir ao vivo… Por isso o Pombo Sem Asa procurou uma solução para que você possa exercer essa paixão, que é ver seu time em campo.

O que poucos sabem é que existem alguns sites e programas em que é possível encontrar as transmissões dos jogos e assistir em seu pc, na maior comodidade e de graça.

Mas como eu faço isso? É simples, o Pombo irá disponiblizar agora os melhores sites e programas de transmissão ao vivo dos jogos do Brasileirão 2009, além de todos os outros canais da TV à cabo.

* Site Futebol ao Vivo: Além de ver os jogos, você tem acesso às notícias, histórico e muito mais sobre seu time (clique aqui para acessar)

* Justin.Tv : Um dos sites mais acessados para assistir jogos de Brasileirão e outros canais de todo o mundo, em várias linguas (clique aqui para acessar)

* Megacubo: Diferente dos outros nomes dessa lista, o Megacubo não é um site, mas sim um programa, que permite o acesso a vários canais de TV diretamente pelo computador. Um bom programa já utilizado por milhares de pessoas por todo mundo (clique aqui baixar)

Rivalidades entre as torcidas organizadas do Flamengo

É isso aí, agora é só começar a diversão. O seu sofa é a arquibancada e a sua sala, o Maracanã. Qualquer dúvida, comente…

Cerca de 30 integrantes de uma facção organizada do Fluminense  invadiram o treino da equipe na tarde desta terça-feira, nas Laranjeiras. A atividade mal havia começado quando os “torcedores” entraram no gramado e partiram para cima dos jogadores. Na confusão, Diguinho levou um soco no estômago. 

O volante teria sido agredido por ter respondido de forma pouco elegante a uma pergunta do chefe da facção, que indagou por que Diguinho estava indo sempre a uma boate conhecida da Zona Sul

 – Pô, chega de Baronetti, né? Todo dia lá é f… – disse o agressor.

 

 – Ah, não enche. O dinheiro é meu ou seu? – teria respondido o jogador.

 

Antes que a situação piorasse, seguranças deram dois tiros para o alto. Para ajudar a manter a ordem, dez policiais militares foram chamados. Após a confusão ser contornada, os jogadores voltaram a treinar, entre eles Diguinho. O coordenador de futebol do clube, Alexandre Farias, e o vice-presidente de futebol, Tote Menezes, tiveram que dar satisfações para os integrantes da facção, que estenderam uma faixa com a frase: “O time não merece a torcida que tem”.

 

A diretoria soube pela internet que o protesto ia acontecer. Por isso a segurança no clube foi reforçada. Tanto que o homem que atirou não estava identificado com a camisa do Fluminense. Ele foi contratado para trabalhar apenas nesta terça-feira.dig