Revoltados com o gol marcado por Rafael Marques no último lance do primeiro tempo, Obina e Maurício se desentenderam na saída para os vestiários e deram início a grande tumulto no gramado do Estádio Olímpico.

No intervalo do duelo com o Grêmio na noite desta quarta-feira, os palmeirenses mostraram descontrole ao sair de campo, discutiram e trocaram agressões, sendo expulsos assim que o árbitro Heber Roberto Lopes voltou para o campo.

No caminho para os vestiários, os palmeirenses faziam duras críticas um ao outro e roubaram a cena após o apito que terminou a etapa inicial. No meio da discussão, o defensor Maurício, que foi driblado por Maxi Lopez no lance do gol, tentou dar um tapa no atacante Obina e levou um soco como resposta, logo obrigando outros companheiros a entrarem em ação e separar os dois jogadores.

Ainda revoltado com a discussão com o zagueiro e com o placar adverso de 1 a 0, o centroavante deu um chute na entrada no túnel que leva aos vestiários, enquanto outros palmeirenses tentavam acalmar Maurício no caminho.

 

Capitão da Irlanda, o atacante Robbie Keane ficou revoltado com o erro do árbitro sueco Martin Hansson ao validar o gol da França nesta quarta-feira, após Thierry Henry ter começado a jogada tocando a bola com a mão.

Com o empate em 1 a 1, a seleção irlandesa ficou de fora da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.

– O toque de mão foi óbvio, estamos com nojo. Definitivamente, a Fifa não quer a Irlanda na Copa – reclamou o jogador do Tottenham.

Depois de ter perdido em casa por 1 a 0 no jogo de ida, a seleção irlandesa devolveu o placar no Stade de France e levou a partida para prorrogação. Aos 13 minutos do tempo extra, Henry usou a mão para evitar que a bola saísse e depois cruzou para Gallas marcar o gol da classificação francesa.

– Nós criamos muitas chances nesta noite. Temos que ficar orgulhosos pelo que jogamos, mas falhamos em seguir adiante – concluiu o capitão.

Você acha que esse jogo deve parar nos tribunais? Comente…

 

02_MVG_ROBERTORoberto Carlos está cada vez mais perto de ser anunciado como o primeiro reforço do Corinthians para 2010, o ano do centenário do clube. O jogador rescindirá com o Fenerbahçe, da Turquia, neste final de semana, e deve ser oficializado pelo Timão nos próximos dias.

Embora haja uma distância financeira entre a oferta e a pedida, já existe um plano para solucionar esse “detalhe”.

Roberto Carlos deve chegar ao Brasil para assinar contrato com o Corinthians no final de novembro, depois que providenciar a sua mudança da Turquia. Inicialmente, ele terá um contrato de dois anos, com a possibilidade de renovação por mais um.

Outro reforço que já tem data para ser anunciado pelo Corinthians é o atacante Iarley, do Goiás. A diretoria do clube paulista acertou tudo com o empresário dele, Clóvis Dias, e a confirmação do desfecho está marcada para logo depois do término do Campeonato Brasileiro, no início de dezembro. O mesmo deve ocorrer no caso do meia Tcheco, do Grêmio.

Com a confirmação desses jogadores você acha que o Timão estará preparado para enfrentar a Taça Libertadores de 2010? Comente…

ranking

O goleiro dinamarquês Kim Christensen protagonizou uma cena nada comum no mundo do futebol, ele diminuía as traves de seu gol em 10 cm de cada lado na base do gol. O truque foi descoberto no empate em 0 a 0 de seu time, o IFK Gotemburgo com o Örebro nesta quarta-feira. Veja o vídeo abaixo:

Christensen diminuía a largura do gol chutando e empurrando com os pés a base das traves para o lado de dentro. O IFK Gotemburgo é líder do Campeonato Sueco e finalista da Copa da Suécia, e das 28 partidas saiu de campo sem sofrer gols em 14. Na partida de quarta-feira, o árbitro Stefan Johannesson foi alertado da malandragem do goleiro e aos 20 minutos do primeiro tempo interrompeu a partida e colocou as traves no lugar correto.

O goleiro não foi punido e afirmou ainda que já fez este truque em outros jogos do campeonato sueco. E para não atrapalhar os atacantes de seu time no segundo tempo, ele recolocava as traves no lugar antes de ir para o intervalo.

{5BC2266F-E804-4ECE-B048-219ECC4F69BD}_adriano_fotoNessa sexta-feira Adriano teria faltado a mais um treino do Fla, no Engenhão, e dessa vez parece que a causa foi descoberta, uma ”indisposição intestinal”.

– Passei muito mal à noite, acordei com uma forte indisposição intestinal e liguei para avisar que não tinha condições de ir treinar. Fui para a concentração me tratar e fazer uma atividade que não prejudicasse meu rendimento sábado, contra o Vitória – disse o jogador, via assessoria de imprensa do clube.

Segundo o colunista Ancelmo Gois, do jornal “O Globo”, o Imperador estava comendo cachorro-quente com amigos, na Barra da Tijuca, às 6 horas de manhão, 4 horas antes do treino.

Pouco depois, o atacante telefonou para o clube, alegando que estava com diarreia e sem condições de ir treinar. Segundo o Flamengo, o médico do clube, Marcelo Soares, teria atestado a indisposição do jogador.

Adriano faltou ao treino e foi direto à concentração, para enfrentar o Vitória, às 18h30m deste sábado, no Maracanã, pelo Brasileirão. Essa foi a terceira vez que Adriano falta a um treino desde seu retorno ao Flamengo, em maio.

ciauOito minutos. Foi o tempo que o Brasil precisou para acabar com a Itália, neste domingo, no Estádio Loftus Versfeld, em Pretória, pela última rodada da fase classificatória da Copa das Confederações. Entre os 36min e 44 min do primeiro tempo, a Seleção fez os 3 a 0. Dois de Luís Fabiano e um contra de Dossena. Fora o show. Os italianos, atuais campeões mundiais, foram humilhados em campo e acabaram eliminados.

Com 100% de aproveitamento na primeira fase – vitórias também sobre Egito (4 a 3) e Estados Unidos (3 a 0) -, o Brasil avançou para a semifinal como primeiro colocado. Agora, terá pela frente os sul-africanos.

O time da casa, comandado pelo brasileiro Joel Santana, ficou com o segundo lugar do outro grupo – uma vitória, um empate e uma derrota. O jogo será na quinta-feira, em Johannesburgo. Quarta-feira, em Bloemfontein, Espanha e Estados Unidos disputarão a outra vaga na grande decisão.

Neste domingo, o técnico Dunga decidiu manter três das quatro alterações realizadas entre a estreia e a segunda rodada. Maicon, André Santos e Ramires foram novamente titulares, enquanto Juan voltou na vaga de Miranda. Ramires foi o maior destaque, comeu a bola. Juan sentiu lesão e deu lugar a Luisão ainda no primeiro tempo.

Nota importante. Foi a sexta vitória seguida da Seleção, entre jogos das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2010 e da Copa das Confederações. Foi também a sétima vitória brasileira no histórico de confrontos os italianos – com ainda dois empates e cinco derrotas.