getO secretário da Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrami, disse que dez pessoas suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas foram mortas em confronto com a polícia do Rio de Janeiro neste sábado, 17. Outros dois policiais também morreram, na explosão de um helicóptero.

Durante todo o dia, a cidade teve diversos confrontos entre polícia e traficantes. Em entrevista coletiva, ele acrescentou que foram apreendidos dez fuzis, uma carabina, que houve um preso.

“Eu nunca vi tanto tiro na vida. Não sei de onde saiu tanta bala. Estamos morrendo de medo”, disse uma adolescente de 15 anos, moradora do Morro dos Macacos, na Zona Norte do Rio.

Por volta das 12h, dois ônibus foram queimados perto do Jacarezinho, que fica do outro lado da linha férrea. A polícia também está no local.

De acordo com o relato de moradores, o confronto entre traficantes começou por volta da 1h30 e se estendeu durante a manhã de hoje. Segundo informações da polícia, houve uma tentativa por parte da facção criminosa Comando Vermelho de invadir o Morro dos Macacos, dominado pela facção Amigo dos Amigos (ADA). Criminosos do Complexo do Alemão, Manguinhos e do Jacarezinho teriam invadido a favela em um caminhão-baú, que ficou abandonado em um dos acessos à comunidade

A qualquer momento, mais notícias aqui no Pombo Sem Asa…

Aeronave explodiu após ser atingida em tiroteio com traficantes. A Secretaria de Segurança Pública do Rio informou que dois policiais morreram no helicóptero da Polícia Militar que explodiu após pouso forçado durante operação no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio, neste sábado (17). Outros dois policiais ficaram feridos com queimaduras.

Segundo o major Oderlei Santos, relações públicas da PM, o piloto foi baleado na perna e teve problemas na aterrissagem. A aeronave explodiu na sequência. Confira no vídeo abaixo imagens da aeronave.

Um outro helicóptero da Polícia Civil, blindado, está no ar e dá apoio à operação policial.

Mais confronto

Por volta das 12h, a polícia se deslocou para uma outra ocorrência na favela do Jacarezinho, que fica do outro lado da linha férrea na região da Norte que abrange os bairros do Engenho Novo, Sampaio e, Jacaré: um ônibus pegou fogo. Ainda não se sabe em que circunstâncias.

Confusão começou na marugada

Para esclarecer, toda essa violência e confusão no Rio de Janeiro,começou na madrugada. A polícia foi acionada após moradores relatarem intenso tiroteio no local por volta da 1h30, quando uma facção rival, do Morro São João, tentou invadir a favela.