OKTOBERFEST_BLUMENAU_2006_ZARLING_BRAHMA 106

A 26ª Oktoberfest já contagia Blumenau há oito dias e até a última quinta-feira (08/10) 214.283 pessoas haviam visitado a maior festa alemã das Américas. Esse número é quase o total de habitantes do município. E que trouxe ainda mais alegria para os setores do Parque Vila Germânica.

Os festeiros dos primeiros oito dias da festa consumiram 193.958 litros de chope. Entre o chope Brahma (chope oficial da 26ª edição) e as seis cervejarias artesanais, presentes no Setor 1. O total, entretanto, não contabiliza o consumo das cervejas importadas, servidas no Biergarten – Jardim da Cerveja.

A Oktoberfest 2009 segue até o dia 18 com mais atrações para blumenauenses e turistas.

Anúncios

5511656

A Defesa Civil de Santa Catarina informou por volta das 19h desta terça-feira (8) que mais de 72 mil pessoas de 45 cidades foram afetadas pelas fortes chuvas que atingem o estado.

Subiu para seis o número de cidades que decretaram situação de emergência – Santa Terezinha do Progresso, São Domingos, Vargeão, Vargem Bonita, Dionísio Cerqueira e Ipuaçu, segundo a Defesa Civil.

Guaraciaba, com 10 mil habitantes, é o município com situação mais crítica, onde quatro pessoas morreram na última madrugada.

Segundo a Defesa Civil, nas 45 cidades, mais de 6,7 mil pessoas estão desabrigadas (sem ter para onde ir) ou desalojadas (em casas de parentes ou amigos). Além disso, 138 ficaram feridas.

Entre as demais cidades atingidas, a maioria – entre elas Joinville, Blumenau e Itajaí – teve prejuízos considerados leves pela Defesa Civil, como destelhamentos e quedas de árvore. No entanto, nesses locais não foram registradas vítimas fatais. Confira infográfico abaixo sobre a situação no estado.

925831-0362-it2 Segundo a Defesa Civil de Santa Catarina, o rio Blumenau, na cidade de mesmo nome, encheu ainda mais, para 5,56 metros, na tarde deste sábado, mas não houve novos deslizamentos.

O município de Ilhota, no Vale do Itajaí, decretou situação de emergência na manhã deste sábado por conta das chuvas. De acordo com Paulo Drun, presidente da Defesa Civil de Ilhota, 10 famílias deixaram suas casas por precaução. O retorno das aulas também foi adiado para a próxima quinta-feira.

No Morro do Baú foram registrados mais de 30 deslizamentos. Não há até agora registros de que casas tenham sido atingidas pelos deslizamentos nem de vítimas fatais das chuvas.

A situação de emergência facilita a tomada de ações pelo município para restabelecer a normalidade e permite pedir ajuda aos governos federal e estadual para a recuperação da cidade.